domingo, novembro 19, 2006

Rocky Balboa


A 21 anos atrás eu estava indo no Cine São Luiz, na Praça do Ferreira assitir ROCKY IV, eu e o meu primo Michel. Era Dezembro (apesar do filme ter sido lançado em Novembro de 1985), perto do meu aniversário e lá estava eu na fila para assitir a continuação de uma história de perseverança, fé e vitória. Para muitos um filme bobo, uma série boba, mas desde aquela época aprendi a ver a vida como uma luta, onde as vezes ganhamos e as vezes perdemos, porém o que importa é que tentamos ganhar e com perseverança tentaremos de novo até conseguir. Essá é a mensagem deste filme pra mim.

Naquela época ainda não sabia da história a metade e com o passar do tempo quando fui aprendendo é que consegui entender. Hoje 21 anos depois aqui estou eu, no local que sempre quis estar e para minha surpresa no inverno do ano passado li que Stallone tinha iniciado as gravações do Rocky Balboa, porém achei que era rumor. Mas ainda bem não era, aí está Rocky de volta com mais uma mensagem que provavelmente será a última da série, até mesmo porque Stallone já está com 60 anos então com certeza Rocky vai se aposentar de vez depois desta.

O filme foi gravado no inverno do ano passado, boa parte dele na Filadélfia onde vai ser possível ver alguns locais épicos dos filmes anteriores como a escadaria do Museu de Artes da Filadélfia e a estátua do Rocky (que voltou para o museu). Rocky volta ao ringue para o último round de sua carreira...com certeza dia 22 de Dezembro estarei na estréia deste filme!!!

2 comentários:

Michel Mascarenhas Silva disse...

Sou o Michel, primo do Yuri, a que ele faz alusão ao comentar sobre o filme Rocky. Fico feliz que ele lembre desses momentos. Também me recordo bastante desta série, que curtimos na saída da infância e começo da adolescência. Da série de filmes tirei várias lições, como o valor da perseverança, do treinamento e da garra para vencer. Se um desses filmes passam na TV, eu não perco. São muitas recordações de tempos que não voltam mais. Eu e Yuri crescemos praticamente juntos, até que a vida deu a cada um o seu rumo. Hoje sou advogado e moro no Brasil e ele mora e trabalha nos USA. Um abraço ao Yuri e a toda a sua família.

Anônimo disse...

Meu amigo Yuri, você realmente é fã do Rocky. Me lembro que algumas vezes que fui na sua casa, lá estava a TV ligada no canal que passa o dia inteiro os filmes do Rock. Se fosse fita de vídeo já tinha furado! He he he! Um grande abraço!
Daniel Mauser.