quarta-feira, fevereiro 03, 2016

Tudo na vida tem um preço

Em Dezembro estive em Fortaleza, após 12 anos sem passar o Natal e o Ano Novo lá. Foi muito bom rever os amigos (que para falar a verdade hoje em dia é a melhor parte de ir ao Brasil). Muita gente ainda pergunta: ei mah, sente falta da comida daqui não? Rapaz, sinto falta é de nada, só dos amigos e familiares próximos. Tive a oportunidade de tocar Iron Maiden com grandes amigos que conheço à decadas e isso é algo que sempre ficará guardado na minha memória e é disso que sinto falta. Agora sentir falta da violência, da pouca educação no trânsito (e não só no trânsito né, pois até vendedor de loja hoje em dia lhe vende com a cara feia), dos preços astronômicos das coisas, entre outros fatos...não, disso não sinto falta nenhuma. Inclusive hoje estava lendo essa matéria aqui compartilhada por uma amiga: Assaltantes promovem arrastão no cruzamento entre avenidas Dom Luís e Via Expressa. Passei por este cruzamento em Dezembro várias vezes e confesso que sempre passava tenso, principalmente quando estava com minhas filhas e esposa no carro. O clima de tensão ao sair de casa é complicado. Antes eu ouvia falar de assalto por TV, Jornal, agora eu tive amigos assaltados com arma na cara. Não meu caro, disso não tenho saudade nenhuma e torço muito que nenhum de meus amigos passem por isso com um desfecho infeliz.
Agora como um todo foi muito bom, lancei o meu livro Alcance seu Melhor:


OBS: Você pode assistir como foi o lançamento aqui.

Além disso tive a oportunidade de palestrar na academia do meu grande amigo Alexandre Melo, com uma turma muito boa de alunos / professores. Durante esta palestra e também em conversas paralelas, alguns perguntas foram feitas, mas a principal foi:
Cara, como você consegue trabalhar tanto e manter o equilibrio na vida pessoal? Inclusive competir e tudo mais?
Esse ano de 2016 talvez va ser um dos mais desafiadores, primeiro por que 2015 foi fantástico em todos aspectos (trabalho, vida pessoal com a família, competição, etc), então a meta pessoal de 2016 é que seja ainda melhor. Ao falar isso, estou também colocando uma pressão pessoal em meus ombros, pois a melhor forma de você evoluir é ser crítico consigo mesmo e sempre buscar a melhora. E o tal do equilibrio? O tal do equilibrio se consegue através do HWH (How, Why and How)...opa, o que é isso? Vixe macho, vai ter que ler o livro oia, vou deixar o link aqui pra tu comprar beleza? Acunha! Mas sério, esse framework de identificar as áreas da vida que podem ser afetadas e como mitigá-los funciona, pelo menos funciona pra mim. Tanto é que consigo:
  • Manter-me atualizado com as atividades da minhas filhas (não perco um show delas)
  • Consigo estar presente como marido, pai e filho
  • Consigo ter minhas 2 horas de treino por dia (6 as 8 da manhã – pois acordo 5 da manhã para comer algo)
  • Consigo trabalhar na Microsoft e endereçar meus projetos em dia e esse ano também dando aula de Mestrado no curso de Cybersecurity da EC-Council University.
  • Consigo praticar uma horinha de bateria por dia, afinal também sou filho de Deus.
Estes são os afazeres básicos, sempre surge um algo mais aqui ou acolá...mas quando se tem o controle do tempo e das tarefas, é possível encaixar. Por exemplo, dia 13 irei palestrar sobre a minha Transformação de Obeso para compeditor, na Destination, uma grande academia aqui de Dallas, também gravo alguns Webinars de vez por outra para a empresa Clávis Segurança, a qual tenho uma grande parceria a alguns anos, o último foi essa semana.
A razão pela qual o título deste artigo é “tudo na vida tem um preço”, é devido ao fato que temos que aceitar que não dar para ter tudo, e isso é normal. Você sempre vai ter que fazer escolhas onde vai ter que “give up” em algo. Muita gente que converso diz que quer sair do Brasil, mas algumas não querem “desapregar-se” do que tem hoje, bicho....se você passar a vida inteira vivendo no “se” (como seria se eu tivesse feito isso? e se fosse assim?) você não chegará em canto nenhum. E isso não aplica-se apenas ao plano de deixar o país em busca de algo melhor, aplica-se também a passos menores, como: “cara eu tive uma oportunidade de emprego mais tinha que sair de Fortaleza, e eu não sei morar longe daqui”...macho então você já chegou a conclusão final: não pode sair daí. O que é que tu quer que eu faça? Você tem o poder da mudança, nimguém pode segurar na sua mão e fazer por você, seja no âmbito de mudança de estado, país, emprego ou até mesmo mudança de hábitos (quer emagrecer mas não dispensa a pizza todo final de semana – arriégua!).
Em fim meu amigo/amiga, tudo tem um preço, até mesmo quando não se faz nada também existe um preço e agora vou mencionar Zig Ziglar (que todo mundo pensa que é Texano mas não é, ele é de Alabama – apesar de ter morrido aqui no Texas em 2012), quando questionado sobre o por que é importante ter objetivos e correr atrás dele, ele disse:

“Um cidadão me disse: tenho medo de traçar objetivos e falhar em alcançá-los. Eu disse: se você não fizer nada é bem pior. Veja só: um avião é mais seguro em terra firme, toda vida que ele decola, há vários riscos de cair, porém ele foi feito para estar no ar e se ele ficar em terra firme o tempo todo, mesmo que ele fique mais seguro, a vida útil dele é menor, pois ele vai enferrujar, as peças vão dar problemas, em fim, ele não nasceu para ficar parado em terra. Mesmo aplica-se a um navio em alto mar (tem mais riscos) e um ancorado no porto (menos riscos), o que está ancorado vai degradar mais rápido. Assim meu caro é o ser humano, nascemos para evoluir e para evoluir precisamos traçar metas, e para alcançar tais metas iremos correr riscos....e isso faz parte da evolução. Se falhar uma vez, você não para, você aprende com os erros e tenta de novo.”

Isso é simplesmente PERFEITO!

Boa sorte e que sua vida em 2016 seja cheia de riscos....tentativas...erros....aprendizados e objetivos alcançados. 

7 comentários:

Anônimo disse...

Grande Mestre! Sábias palavras. Quem sabe com isso eu não altere um pouco meus costumes? Um forte abraço! Gustavo Magella

Anônimo disse...

Valeu... texto excelente.
Att: Andre Fragoso

Edu Ciribelli disse...

Oi Yuri! Boa Tarde!

Vc teria condições de mostrar essa palestra em vídeo que vc fez na academia Destination? Ou algum vídeo caseiro que vc até mesmo poderia colocar no "tube" como um resumo do seu livro?

Estou lendo um livro mas nada melhor que um "testemunho" do próprio autor com até mesmo mostrando dicas de alimentação, treinos, etc...

Desde já agradeço sua atenção!

Eduardo
RJ - Brasil

Yuri Diogenes disse...

Olá Edu,

Não tenho nenhum vídeo desta palestra. Na realidade a Destination gravou mas não liberou para ser postado de forma aberta. O único resumo do livro que tenho é o que gravamos na noite de lançamento, ver https://youtu.be/M_GhPD6cf5g

Edu Ciribelli disse...

Blz Yuri! Muito obrigado pela atenção!

Já tinha visto esse vídeo! rsrs

Fica a dica para vc gravar vídeos curtos mostrando essas dicas, ok?

Abçs e sucesso!

alison disse...

Bom dia Yuri, sou de Fortaleza e assisti uma palestra sua na Faculdade Evolução (Isso já faz tempo). Admiro bastante a sua história e te dou meus Parabéns por mostrar que os nossos sonhos podem se transformar em objetivos alcançados.

alison disse...

Bom dia Yuri, sou de Fortaleza e assisti uma palestra sua na Faculdade Evolução (Isso já faz tempo). Admiro bastante a sua história e te dou meus Parabéns por mostrar que os nossos sonhos podem se transformar em objetivos alcançados.